X

Eternidade e o Desejo, A

Editora: Alfaguara (veja mais livros desta editora)
Autor(es): Inês Pedrosa (veja mais livros deste autor)

De: R$ 42,90 Por: R$ 34,32 Em 1x de: R$ 34,32 No boleto: R$ 34,32

Comprar
Em estoque: Previsão de postagem em até 1 dia útil após a confirmação do pagamento, mais o tempo de transporte.
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Opção de parcelamento via cartão de crédito
  • 1x de R$ 34,32 sem juros
Avalie:

Ficha técnica

Código de barras:
9788560281473
Dimensões:
2.00cm x 15.00cm x 23.40cm
Edição:
1
Editora:
Alfaguara
ISBN:
8560281479
ISBN13:
9788560281473
Número de páginas:
184
Peso:
326 gramas
Encadernação:
Brochura

Sinopse

Inês Pedrosa, autora de Fazes-me falta, com mais de 0 mil exemplares vendidos em Portugal, teve a idéia do romance A eternidade e o desejo durante uma viagem que fez ao Brasil em 2005. Nele, os personagens percorrem os mesmos lugares visitados no século XVII pelo jesuíta Padre Antônio Vieira. No livro, a historiadora e professora universitária portuguesa Clara viaja para o Brasil acompanhada de seu amigo Sebastião. Regressa então à Bahia, onde há tempos perdeu a visão e um amor ao tentar salvar das balas o homem que amava, levou um tiro que a deixou cega. Juntos, guiando-se sempre pelos textos do mestre canônico da literatura portuguesa que entremeia toda a narrativa, os personagens visitam as igrejas históricas da cidade, percorrem os mercados e o Pelourinho, encantam-se pelo candomblé e por seus orixás.Vieira não foi apenas nem sobretudo um padre. Foi um magistral escritor e orador, um pioneiro dos direitos humanos e um bom diplomata, embora nem sempre acertasse nas causas e nos apoios. (...) Era um voluntário da ingenuidade, como costumam ser as pessoas que nascem com a mania de melhorar o mundo, afirma Inês Pedrosa. Sua protagonista marcada pela tragédia do amor perdido, porém, nada tem de ingênua.Clara vem ao país para fugir da pena contínua que seus amigos portugueses sentem de sua cegueira. Incapaz de retribuir o profundo amor declarado por Sebastião, encontra em terras brasileiras um novo caminho. Aqui, conhece Emanuel, um homem marcado pela dor da perda de um filho aos 2 anos de idade. Ao seu lado, ela descobrirá que ainda é capaz de sentir desejo e paixão. É verdade que o amor cega, paralisa, entorpece mas apenas para tudo o que não é o amor. E tudo o que não é o amor é o mal do mundo. Não vale nada, diz a protagonista, cujo ceticismo e o humor cáustico vão sendo destilados pouco a pouco nos diálogos com o amigo Sebastião.