X

Lei Para A História, Uma: A Legalização do Aborto na França - Coleção por que Política?

Editora: BAZAR DO TEMPO (veja mais livros desta editora)
Autor(es): Simone Veil (veja mais livros deste autor)

De: R$ 42,00 Por: R$ 33,60 Em 1x de: R$ 33,60 No boleto: R$ 33,60

Comprar
Em estoque: Previsão de postagem em até 1 dia útil após a confirmação do pagamento, mais o tempo de transporte.
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Opção de parcelamento via cartão de crédito
  • 1x de R$ 33,60 sem juros
Avalie:

Ficha técnica

Código de barras:
9788569924432
Dimensões:
1.00cm x 12.50cm x 18.50cm
Edição:
1
Editora:
BAZAR DO TEMPO
ISBN:
8569924437
ISBN13:
9788569924432
Número de páginas:
100
Peso:
150 gramas
Encadernação:
Brochura

Sinopse

Em 24 de novembro de 1974, Simone Veil, então ministra da Saúde, discursou na Assembleia Nacional francesa colocando em votação a legalização do aborto, que naquela época obrigava cerca de 300 mil mulheres a procurarem saídas clandestinas, humilhantes e perigosas para interromper a gravidez indesejada. Com o discurso apresentado em Uma lei para a história, livro publicado pela primeira vez no Brasil, Simone Veil garantiu esse importante direito às mulheres na França. Enfrentando uma oposição virulenta, Simone Veil – francesa de origem judaica, sobrevivente do Holocausto, também primeira mulher a presidir o Parlamento Europeu – defendeu a despenalização do aborto como questão de justiça social e saúde pública. A vitória garantida na madrugada de novembro de 1974, após mais de cinco horas de debates, não representou, no entanto, o fim de sua luta. Invasões a hospitais, resistência de médicos e de setores da sociedade exigiram persistência e coragem para garantir os direitos conquistados. Hoje, mais de quarenta anos depois, a experiência francesa é exemplo para o mundo. Em uma esclarecedora entrevista concedida à jornalista francesa Annick Cojean, também incluída nesta edição, Simone Veil narra os bastidores desse momento histórico, fazendo uma importante reflexão sobre os direitos das mulheres, os desafios enfrentados e todo o contexto vivido. Para refletir sobre o cenário brasileiro, a edição reúne textos da cientista social Silvia Camurça e da professora de direito e pesquisadora da Anis – Instituto de Bioética Debora Diniz. Ambas destacam a coragem de Simone Veil como inspiração para a persistente luta em favor dos direitos reprodutivos de todas as brasileiras. “Não faço parte das pessoas que temem o futuro”, disse Simone Veil, ao fim de seu discurso.