X

Manual Prático Metodologias Diagnósticos da Resistência e de Detecção de Substâncias

Editora: EMBRAPA (veja mais livros desta editora)
Autor(es): Editora Embrapa (veja mais livros deste autor)

Produto sem estoque no momento, quer ser avisado?

Preencha os dados abaixo para ser avisado quando retornar.

Desejo receber newsletter
No momento não temos o produto disponível em nosso estoque.
Avalie:

Ficha técnica

Código de barras:
9788573835151
Dimensões:
2.00cm x 16.00cm x 23.00cm
Edição:
1
Editora:
EMBRAPA
ISBN:
857383515X
ISBN13:
9788573835151
Número de páginas:
154
Peso:
250 gramas
Encadernação:
Brochura

Sinopse

A alta prevalência de parasitas em ruminantes no Brasil e em ouros países reduz a condição clínica dos animais, em virtude das lesões causadas no trato gastrintestinal ou no couro, e das espoliações sanguíneas. O controle supressivo com produtos antiparasitários tem provocado alta pressão de seleção de parasitas resistentes e redução da refugia. Por sua vez, a resistência parasitária resulta em persistentes perdas produtivas e induz o uso excessivo de medicamentos, o que aumenta ainda mais os prejuízos econômicos. Por esses motivos, além do controle sistemático, é imprescindível a validação de protocolos para diagnóstico da resistência parasitária e de medidas de prevenção e de monitoramento da redução da eficácia dos antiparasitários em uso.\r\nEsta publicação fornece informações detalhadas e bem estabelecidas sobre resistência parasitária e marcadores moleculares de nematóides gastrintestinais de ruminantes e do carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus. Além disso, reúne protocolos laboratoriais padronizados de técnicas in vivo, in vitro e moleculares, utilizadas para o diagnóstico da resistência parasitária e para detecção de substâncias com ação antiparasitária.\r\nO livro é destinado a estudantes de graduação e de pós-graduação, técnicos e extensionistas, pesquisadores e professores universitários dedicados às áreas de parasitologia veterinária, sanidade animal e genética molecular animal. As técnicas descritas são reconhecidas por renomados grupos de pesquisa e foram desenvolvidas ou adaptadas para uso na rotina laboratorial. Os protocolos podem, então, ser reproduzidos em laboratórios que tenham interesse em desenvolver atividades de diagnóstico da resistência parasitária e de levantamento de substâncias com potencial atividade antiparasitária em vários estádios parasitários.\r\n