X

Que o Cancêr me Ensinou, O

Editora: SEXTANTE (veja mais livros desta editora)
Autor(es): Sophie Sabbage (veja mais livros deste autor)

De: R$ 29,90 Por: R$ 23,92 Em x de: R$ No boleto: R$ 23,92 Economize: 0,00% no pagamento com boleto

Comprar
Em estoque: Previsão de postagem em até 1 dia útil após a confirmação do pagamento, mais o tempo de transporte.
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Opção de parcelamento via cartão de crédito
Avalie:

Ficha técnica

Código de barras:
9788543104829
Dimensões:
2.00cm x 14.00cm x 21.00cm
Edição:
1
Editora:
SEXTANTE
ISBN:
8543104823
ISBN13:
9788543104829
Número de páginas:
224
Peso:
260 gramas
Encadernação:
Brochura

Sinopse

“Em O que o câncer me ensinou, Sophie Sabbage conta como ela tenta aprender com a doença em vez de temê-la.” – The Guardian “Meu câncer é sistêmico e incurável, mas estou vivendo com ele. Na verdade, estou me fortalecendo com ele. Se eu considerar as estatísticas, as previsões e as probabilidades, sou um caso perdido. Mas prefiro não fazer isso. Opto por entender a doença sem me entregar a ela, me resignar sem sucumbir, gritar meu nome do alto das estatísticas antes que minha identidade seja soterrada no frio anonimato dos números. Dedico os dias, as horas e os minutos a prolongar a vida, com a inabalável intenção de criar minha filha até ela se tornar adulta, de envelhecer com meu amado marido e de fazer a diferença que gosto de pensar que vim ao mundo fazer. Não tenho qualificação para ajudar você a superar o seu problema. Mas sou qualificada para ajudá-lo a superar o seu condicionamento, o que acredito também ser essencial para o processo de cura. Posso mostrar-lhe como ficar bem, mesmo quando estiver se sentindo mal, e como resolver as questões emocionais que podem ter contribuído para a sua doença. Espero que esta leitura o inspire a sentir a vibração da vulnerabilidade, a energia do propósito e a maravilha de forjar o seu próprio caminho pela floresta densa e escura que às vezes parece não oferecer trégua ou escape. Torço, principalmente, para que você perceba que o câncer tem algo a ensinar; basta saber como ouvir o que ele está tentando dizer.”