X

Zôhar: O Santo Zôhar - Vol.1

Editora: ANNABLUME (veja mais livros desta editora)
Autor(es): Rabi Shimon Bar Iochai (veja mais livros deste autor)

De: R$ 73,00 Por: R$ 58,40 Em 2x de: R$ 29,20 No boleto: R$ 58,40

Comprar
Disponível: Produto com previsão de postagem em 9 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Opção de parcelamento via cartão de crédito
  • 1x de R$ 58,40 sem juros
  • 2x de R$ 29,20 sem juros
Avalie:

Ficha técnica

Código de barras:
9788539105441
Dimensões:
1.34cm x 16.00cm x 23.00cm
Edição:
1
Editora:
ANNABLUME
ISBN:
8539105446
ISBN13:
9788539105441
Número de páginas:
254
Peso:
371 gramas
Encadernação:
Brochura

Sinopse

O Zôhar é um trabalho pseudoepigráfico considerado pelos tradicionalistas uma revelação de Deus ao Rabi Shimon bar Iochai e seus discípulos. Escrito parcialmente em aramaico e parcialmente em hebraico como um comentário sobre o Pentateuco, contém umsistema teosófico completo, e aborda assuntos como: a natureza de Deus, cosmogonia, cosmologia, alma, pecado, redenção, bem e mal. O livro apareceu pela primeira vez no século XIII, na Espanha, e foi difundido pelo cabalista Moisés de Leon. Foi ele quem atribui o livro em sua posse ao sábio do século I, o Rabi Shimon bar Iochai. No entanto, logo de início esta hipótese foi refutada por algumas pessoas. A difusão do Zôhar entre os judeus se deu de forma rápida e impressionante. Cinquenta anos após o seu surgimento, o texto já era citado por muitos cabalistas, que não podiam crer que um livro desses fosse obra humana, e que certamente se tratava de um livro de inspiração divina e que, portanto, podia ser colocado no mesmo nível da Bíblia. Até mesmo judeus pouco inclinados ao misticismo, filósofos, autoridades rabínicas e juízes preocupados com a letra da lei chegaram a considerar o livro como fonte sagrada e o utilizaram para definir questões normativas da religião. (Da apresentação de Diego Raigorodsky)